15 de dezembro de 2008

A Graça de Carrilho


Que trocadilho tão fácil. Mas a verdade é que a Arquitectura de Carrilho da Graça tem graça, e sobretudo marca uma atitude face ao modo de projectar.

O Arq. Carrilho da Graça ganhou o Prémio Pessoa 2008, exactamente dez anos depois de Souto Moura, o primeiro arquitecto a ganhar a personalidade do ano.

Entre outras coisas, o Arq. foi premiado pela coerência na sua actividade profissional, pelo importante papel na formação de novos arquitectos nacionais e internacionais e pelo trabalho de recuperação patrimonial que tem feito um pouco por toda a parte.

Fico contente que um arquitecto com a qualidade de Carrilho da Graça tenha ganho um prémio que enaltece o percurso pessoal de uma pessoa. É para todos nós motivo de orgulho.


2 comentários:

joão amaro correia disse...

"nós" quem?

j

TTC disse...

Olá João!

Quando me referi a nós, referi-me a nós arquitectos.

E se não é motivo de orgulho para todos nós, pelo menos considero que devia ser!

TTC